COVID-19
Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas recebem recursos para o combate à pandemia
Weliton Prado explica que o recurso extra de quase R$ 4 bilhões foi liberado para todo o país e é resultado do acordo do Congresso Nacional com o Ministério da Saúde.
14/04/2020 16h53

O Ministério da Saúde publicou a Portaria 774/2020, assegurando o repasse de recursos para o governo de Minas Gerais e os municípios mineiros usarem no custeio de ações e serviços relacionados ao coronavírus - COVID 19.

O deputado federal Weliton Prado (PROS), que foi membro da Comissão Mista de Orçamento (CMO), explica que o recurso extra foi possível após acordo feito em março pela Câmara dos Deputados, Senado e o Ministério da Saúde para a destinação de emendas de relator da CMO ao Orçamento Impositivo. A verba já estava prevista para o Fundo Nacional de Saúde, mas precisava ser direcionada para o combate ao coronavírus. Com o acordo, foi editada a Medida Provisória 924, de 13 de março de 2020, que abriu crédito extraordinário em favor dos Ministérios da Educação e da Saúde.

O Ministério da Saúde esclareceu que o valor enviado corresponde a uma parcela a mais de um total de 12 que é repassada mensalmente aos municípios para custeio da atenção primária (PAB) ou atenção à saúde de média e alta complexidade (MAC). Outros R$ 204 milhões serão destinados aos hospitais universitários federais administrados pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares por meio do Ministério da Educação.

O governo de Minas Gerais recebeu R$ 56,493 milhões. O município de Uberlândia recebeu R$ 19,855 milhões. Já Uberaba teve repasse de R$ 11,459 milhões. Os recursos para Ituiutaba foram de R$ 1,230 milhão e Araguari foi de R$ 1,520 milhão. Ao todo, os municípios do Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas receberam mais de R$ 50,9 milhões. Weliton Prado destaca que o recurso é importante, mas muitos municípios receberam valores baixos na distribuição e que já fez a cobrança ao Ministério.

Confira quanto recebeu cada município:

Uberlândia – R$ 19.855.104,56

Uberaba – R$ 11.459.298,61

Araguari – R$ 1.520.583,46

Ituiutaba – R$ 1.230.949,55

Tupaciguara – R$ 356.315,69

Santa Vitória – R$ 288.543,96

Conceição das Alagoas – 213.595,73

Campina Verde – R$ 150.427,95

Carneirinho – R$ 131.485,18

Comendador Gomes – R$ 35.614,07

Fronteira – R$ 158.477,59

Frutal – R$ 344.811,52

Itapagipe – R$ 148.720,59

Iturama – R$ 213.266,65

Limeira do Oeste – R$ 85.766,21

Pirajuba – R$ 51.598,96

Planura – R$ 10.488,56

São Francisco de Sales – R$ 17.934,53

União de Minas – R$ 52.509,68

Cachoeira Dourada – R$ 44.376,23

Capinópolis – R$ 216.830,80

Gurinhatã – R$ 104.167,17

Gurinhatã – R$ 104.167,17

Ipiaçu – R$ 65.653,23

Água Comprida – R$ 29.910,73

Campo Florido – R$ 74.427,94

Conquista – R$ 75.482,12

Delta – R$ 106.571,47

Veríssimo – R$ 42.815,91

Araporã – R$ 112.367,98

Canápolis – R$ 129.683,71

Cascalho Rico – R$ 53.093,61

Centralina – R$ 131.262,30

Indianópolis – R$ 94.018,68

Monte Alegre de Minas – R$ 113.032,76

Prata – R$ 364.012,38

 

Araxá – R$ 1.286.565,41

Patos de Minas – R$ 3.488.653,49

Patrocínio – R$ 1.999.904,46

Monte Carmelo – 364.161,76

Carmo do Paranaíba – R$ 322.095,24

Coromandel – R$ 189.688,18

Nova Ponte – R$ 111.909,43

Guimarânia – R$ 113.080,79

Campos Altos – R$ 35.919,74

Ibiá – R$ 119.770.76

Lagoa Formosa – R$ 104.633,60

Abadia dos Dourados – R$ 89.805,42

Pedrinópolis – R$ 42.415,20

Perdizes – R$ 243.907,87

Pratinha – R$ 1.635,34

Sacramento – R$ 136.914.07

São Gotardo – R$ 156.252,79

Tiros – R$ 121.815,30

Santa Juliana – R$ 97.783,65

Tapira – R$ 39.242,64

Arapuá – R$ 36.848,85

Matutina – R$ 60.818,51

Rio Paranaíba – R$ 23.448,51

Santa Rosa da Serra – R$ 37.496,50

Cruzeiro da Fortaleza – R$ 40.448,12

Douradoquara – R$ 40.956,95

Estrela do Sul – R$ 101.954,63

Grupiara – R$ 43.425,30

Iraí de Minas – R$ 77.905,18

Romaria – R$ 44.753,68

Serra do Salitre – R$ 16.681,39

 

Paracatu – R$ 585.021,79

João Pinheiro – R$ 352.305,85

Presidente Olegário – R$ 28.305,00 + R$ 220.946,42

Brasilândia de Minas – R$ 173.814.69

Guarda- Mor – R$ 88.217,39

Lagamar – R$ 122.450,49

Lagoa Grande – R$ 134.470,13

São Gonçalo do Abaeté – R$ 89.542,17

Varjão de Minas – R$ 98.947,73

Vazante – R$ 87.439,31

Unaí – R$ 630.177,29

Arinos – R$ 74.341,78

Bonfinópolis de Minas – R$ 78.830,62

Buritis – R$ 128.721,34

Cabeceira Grande – R$ 68.939,40

Dom Bosco- R$ 54.234,00

Formoso – R$ 10.646,20

Natalândia – R$ 41.434,30

Uruana de Minas – R$ 54.937,29

Comentários

Carregando notícias...
Deputado WELITON PRADO - Todos os direitos reservados © 2016