Dep. Weliton Prado cobra resposta imediata do governo federal para redução do preço dos combustíveis
Dep. Weliton Prado cobra resposta imediata do governo federal para redução do preço dos combustíveis
"A situação é grave, urgente e não tem como esperar! A população não aceita mais essa política de abuso dos preços e dos impostos. O combustível vendido no Paraguai sai do Brasil e custa R$ 2,65". 
Foto: Mandato - Tiago Souza
23/05/2018 21h15

A cobrança do deputado federal Weliton Prado (PROS) foi feita na audiência pública da Comissão de Minas e Energia realizada nesta quarta-feira, 23/05, ao CADE ( Conselho Administrativo de Defesa Econômica), à Petrobrás, à ANP (Agência Nacional do Petróleo) e ao governo federal. 

O parlamentar alertou para as consequências graves para o país do não atendimento rápido às reivindicações dos caminhoneiros que fazem um movimento legítimo, justo e com o apoio da população. "Tem que decidir rapidamente. Não brinquem com o povo. A greve dos caminhoneiros reflete o sentimento da população que não aceita mais essa política de preço alto dos combustíveis. E não é só do diesel não. Já estão faltando alimentos, combustíveis, voos estão sendo cancelados, ambulâncias e viaturas das polícias estão parando. Não há mais tempo".

Gasolina em Minas tem o ICMS mais caro do país

Weliton Prado cobrou ainda a responsabilidade do governo estadual em reduzir o ICMS da gasolina que é de 31% e sofreu aumento em fevereiro desse ano. "O deputado Elismar Prado votou contra o projeto que estabelecia o aumento e cobramos do governo que a medida não fosse sancionada. Mas a alteração contra o consumidor virou lei". 

Comissão de Defesa do Consumidor aprovou ainda a convocação do ministro de Minas e Energia para explicar reajustes dos combustíveis

Comentários

Carregando notícias...
Deputado WELITON PRADO - Todos os direitos reservados © 2016