Em defesa dos animais
Campanhas educativas contra uso de peles animais
Projeto do Dep. Weliton Prado que determina campanhas educativas contra o uso de peles de animais em roupas está pronto paraaprovação
11/11/2014 20h41

Aprovado pelas comissões, o projeto de Lei (PL) 689/11, que garante a promoção de campanhas educativas contra o uso de roupas feitas com a pele de animais. A redação final do projeto, de autoria do deputado federal Weliton Prado, foi aprovada pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara Federal, nessa terça-feira. A matéria agora segue direto para sanção. “É preciso chamar a atenção sobre os métodos cruéis e dolorosos usados na produção de roupas a partir da pele de animais. A moda tem que promover ideais de sustentabilidade e de preservação animal. Sem contar que o uso de peles não condiz com o clima brasileiro, que não possui inverno rigoroso”, explica Prado.

Para o deputado federal e autor da proposta, a realização de campanhas educativas vai informar e conscientizar a população e o setor sobre a necessidade de investir na sustentabilidade ambiental, envolvendo menos utilização de matéria-prima, mais utilização de produtos reciclados e maior criatividade na reutilização de peças já existentes, tendo em vista uma produção e um consumo mais conscientes e sustentáveis no setor. “É preciso buscar produtos alternativos visando a não elaboração a partir da extração ou utilização da pele de animais silvestres nativos ou exóticos, domésticos ou domesticados”.

O deputado federal Weliton Prado é membro da Frente Parlamentar do Congresso Nacional em Defesa dos Direitos Animais e também é autor de do PL 684/11, que criminaliza o uso de peles animais em desfiles de moda. “Existem vários produtos que atendem o inverno brasileiro e podem substituir o uso de peles, como tricô e materiais sintéticos, geralmente mais leves, duráveis e de manutenção prática. Queremos estimular o debate e o uso de soluções alternativas aos produtos de origem animal, coibindo o uso de peles e na tentativa de eliminar esse comércio”, completa Prado.

Comentários

Carregando notícias...
Deputado WELITON PRADO - Todos os direitos reservados © 2016